8.1 ok ok.jpg

"Demasiadamente humano n.2, da série língua de gado"
Fernando Aidar | 2018 | fotografia 
| 40x60cm

_falas|

a Falas é o resultado de uma pesquisa poética que foi aprovada no edital de ocupação da Casa de Cultura da América Latina da UnB para 2021.

díptico (4).jpg

Devido à pandemia da Covid-19 e a consequente inviabilização da ocupação física do prédio, foi criada essa alternativa virtual à exposição, na forma de uma página de internet.

"díptico, da série língua de gado"
Fernando Aidar | 2018/9 | instalação
| línguas de porcelana, carvão vegetal.

A proposta original era composta majoritariamente por trabalhos da "série língua de gado". Alguns trabalhos dessa série são apresentados ao longo da exposição.

a img_4988.jpg

Com novos trabalhos e reconstruída, essa participação na exposição acabou expandindo bastante o sentido geral e o conceito das obras.

As mudanças foram em duas direções:

1º--> obras de caráter digital (fotografias e vídeos);

2º--> trabalhando com o conceito de escultura social de Joseph Beuys.

"Face interna II"
Fernando Aidar | 2021 | objeto
| azulejos, porcelana, tinta a óleo, resina | 23 x 28 x 23 cm.

No catálogo da exposição "Somos muit+s: experimentos sobre coletividade", o curador Jochen Volz escreveu, sobre o conceito de escultura social de Beuys, que norteou a exposição:

"O artista como escultor social cria estruturas na sociedade a partir do uso da linguagem, de pensamentos, ações e objetos. Para ele, ou ela, a sociedade é a matéria-prima, assim como a pedra, a madeira ou o argila o são, tradicionalmente, paro o escultor."

a a 1 1 a img_2714.jpg

"O outro em si"

Fernando Aidar | 2021 | fotografia digital | 40x60cm

O conceito de escultura social foi trabalhado

durante a participação do artista no "Projeto Conexões - Caixa de Pandora: intervenções artístico-pedagógicas"

Uma parceria entre a UnB (DEG/DAPLI) e a Secretaria do Estado de Educação do DF.

a still falas 1.jpg

"Falas: uma experiência social"

Fernando Aidar | 2021 | vídeo, videoperformance| 16'16".

A participação nessa intervenção artístico-pedagógica resultou em um material de pesquisa que foi trabalhado e utilizado no áudio da microperformance em vídeo que ganhou o mesmo título da exposição: "falas: uma experiência social", que é a obra que encerra essa exposição virtual.